11/04/2010

Jamais...

Jamais seremos iguais em nossa essência,
no tecido  intríseco de nossa personalidade, em nosso pensamento,
modo de reagir, crer e interpretar os
fênomenosda existência. O sonho da igualdade só
cresce no terreno do respeito pelas diferenças.

3 Foram gentís...:

Poesias-Franciéle R.Machado disse...

É mesmo a igualdade deve haver no respeito, somos todos iguais no sentido que temos que ser respeitados, e não na aparência, no modo e sim nos direitos

Gostei,é bom para refletir.

Bjos,Boa Noite!

Pérola disse...

Somos diferentes né amada.
Minha querida,eu já estive aqui,me lembro de ter lido a sua postagem.
Muito obrigado pela visita e por seguir o meu filhão rs.
Uma linda semana.
Beijokas

POETA DE RUA disse...

O que há por baixo dessa camada chamada pele de todas as gentes?
Nervos, sangue, carne...?
Difícil é saber o que há por dentro dessas coisas todas: bom caráter, bondade, complascência, solidariedade?
O que deveria importar mesmo é o ser e não o ter.
E somos iguais. Ponto!

Obrigada pela visita, minha cara Cris.
É um prazer segui-la aqui.
Abraço.