29/06/2010

Não quero...


"Não quero que o 
tempo volte, nem que as 
lembranças vividas
se repitam! Só quero novas 
histórias, maiores 
e melhores!"

16/06/2010

ς੭

ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭

Quem ama é naturalmente grato,
dado que a gratidão é uma
das mais belas expressões do amor.

(Simone Signoret)

ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭ς੭

07/06/2010

Violência contra a Mulher...


Quem ama não mata! Quem ama não bate! 
Quem ama não agride! Não destrói a vida da outra…Então...
Se ame  e saiba que sua vida é muito preciosa 
e importante para que seja jogada fora desta maneira. 
É preciso que você acorde, é preciso
indignar-se diante dos preconceitos e lutar para defender a pessoa
mais importante para você! Você mesma!
A violência não tem preconceitos nem 
discriminações, ela bate a porta sem qualquer distinção seja das 
mais humildes até as mais poderosas mulheres, 
não diferencia as de pouca ou muita cultura, as de 
vida mais modesta ou as muito bem sucedidas e muito menos as 
que sabem ou não que tem 
forças para defender-se.


 (Trecho de um texto escrito pela 
Psicóloga Lilian M. Mendes)

"Mulheres, o seu corpo não precisa de marcas.
Você tem direitos, você tem escolhas.
Denuncie a violência contra a mulher". 

"A Paz no mundo, começa em casa"

05/06/2010

Noites...

Há quem diga que todas as 
noites são de sonhos.
Mas há  também quem garanta
que nem todas... só as  de verão.
No fundo, isso não tem importância. 
O que interessa mesmo não
é a noite em si, são os sonhos.
Sonhos que o homem sonha sempre, 
em todos os lugares,em todas
as épocas do ano , dormindo ou acordado.

( Shakespeare)

01/06/2010

A Deusa e o Mar...

A Deusa do Sal

Conta uma lenda que em uma ilha longínqua vivia uma solitária deusa de sal. Ela era apaixonada pelo mar.
Passava dias, noites, horas na praia observando o balanço de suas ondas, sua beleza, seu mistério, sua magnitude. Um desejo enorme começou a apossar-se do seu coração: experimentar toda aquela beleza.
Esse desejo foi aumentando até que um dia a deusa resolveu entrar no mar. Logo que ela colocou os pés no mar, eles sumiram, derreteram-se. Encantada com ele, ela seguiu em frente e suas pernas e coxas desapareceram.
A deusa, entretanto, seguiu adiante, sentindo partes do seu corpo derretendo-se, até ficar apenas com o rosto do lado de fora.
Uma estrela que observava tudo falou:
- Linda deusa, você vai desaparecer por completo. Daqui a pouco você não mais existirá.
A água do mar desfazia o rosto da deusa, mas ela respondeu fazendo um esforço:
- Continuarei existindo, porque agora eu sou o mar também.
Para conhecer e experimentar é preciso permitir-se, ir em frente.
Quando isto acontece, a mudança se dá, mudamos.
A deusa mudou transformando-se em mar, fazendo parte dele, passou a ser o mar que ela tanto admirava da praia.
O mar por sua vez, também se transformou, porque foi salgado pela deusa. Ambos experimentaram a mudança: a deusa e o mar.