28/02/2011

**



"Eduquem as crianças e não será 
necessário castigar os homens".
*(Pitágoras)*

12/02/2011

...



"A vingança 
nunca é plena,
mata a alma 
e envenena".

09/02/2011

Estar Bem e Feliz...







“Estar bem e feliz é uma questão de escolha e não de

sorte ou mero acaso. É estar perto das pessoas que amamos,
que nos fazem bem e que nos querem bem.
É saber evitar tudo aquilo que nos incomoda

ou faz mal, não hesitando em usar o bom senso, a maturidade obtida
 com experiências passadas ou mesmo nossa sensibilidade para isso.
É distanciar-se de falsidade, inveja e mentiras. Evitar sentimentos
corrosivos como o rancor, a raiva, e as
mágoas que nos tiram noites de sono e em

nada afetam as pessoas responsáveis por causá-los. É valorizar
as palavras verdadeiras e os sentimentos sinceros que a nós
são destinados. E saber ignorar, de forma
 mais fina e elegante
possível, aqueles que

 dizem as coisas da boca para fora ou cujas palavras e caráter
nunca valeram um milésimo do tempo que
 você perdeu ao escutá-las.”

08/02/2011

O Segredo...


"O segredo do humor
é ver as coisas
por um outro ângulo. 
Situações que 
parecem sérias e difíceis
tornam-se às vezes 
simples de se lidar, 
quando vistas de
modo bem humorado."

03/02/2011

Acredite você ou não...


ઇ‍ઉ  ઇ‍ઉ 

FÉ Não importa crença ou religião;Acredito em algo que não se vê, não se explica,mas se sente com o coração. 

Não importa crença ou religião;
Acredito em algo que não se vê, não se explica,
mas se sente com o coração.

"Muitas coisas existem...acredite você ou não" 

ઇ‍ઉ  ઇ‍ઉ  

02/02/2011

Metade...


Metade

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio;
Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca;
Porque metade de mim é o que eu grito,
Mas a outra metade é silêncio...
Que a música que eu ouço ao longe
Seja linda, ainda que tristeza;
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante;
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade...
Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece
E nem repetidas com fervor,
Apenas respeitadas como a única coisa que resta
A um homem inundado de sentimentos;
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo...
Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço;
E que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada;
Porque metade de mim é o que penso
Mas a outra metade é um vulcão...
Que o medo da solidão se afaste
E que o convívio comigo mesmo
Se torne ao menos suportável;
Que o espelho reflita em meu rosto
Um doce sorriso que me lembro ter dado na infância;
Porque metade de mim é a lembrança do que fui,
A outra metade eu não sei...
Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
para me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais;
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço...
Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade para faze-la florescer;
Porque metade de mim é platéia
E a outra metade é canção...
E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade...
TAMBÉM!!!