29/04/2009

"Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente,
desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerada
pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei,
com absoluta certeza, que estar
viva é sensacional."
(Agatha Christie)

03/04/2009

Por entre céus

Por céus e mares eu andei vi um poeta e vi um reiNa

esperança de saber o que é o amor ...ninguém sabia me dizer e

eu já queria até morrer quando um velhinho com uma flor

assim falou: O amor é o carinho é o espinho que não se vê em

cada flor...é a vida quando chega sangrando aberta em pétalas de amor.

Vinicius de Moraes

01/04/2009

De repente do riso fez-se o pranto silencioso e branco como a e das bocas unidas fez-se a espuma e das mãos espalmadas
fez-se o espanto.De repente da calma fez-se o vento que dos olhos desfez a última chama e da paixão fez-se o pressentimento e do momento imóvel fez-se o drama.De repente, não mais que de repente fez-se de triste o que se fez e de sozinho o que se fez contente.Fez-se do amigo próximo o distante fez-se da vida uma aventura errante...De repente, não mais que de repente.